GNU/Linux – Documentação

O GNU/Linux possui uma vasta documentação e isso é uma característcas mais importantes para o seu sucesso. Esse tipo de documentação possui um processo de criação e manutenção bastante diferente dos sistemas proprietários, contando com as seguintes características:

  • comunidade colaborativa: além da documentação desenvolvida pelas equipes responsáveis pelos inúmeros aplicativos GNU, existe uma enorme comunidade dedicada para documentação. Neste sentido, foi criado o projeto LDP – Linux Documentation Project – que além de apoiar o controle dos vários documentos, também congrega e ajuda a organizar as equipes de voluntários que se dedicam a documentar e traduzir documentos. Nacionalmente existe um esforço baseado em voluntários denominado LDP-BR para traduzir os vários documentos LDP.
  • dinamicidade geralmente os documentos ficam sob sistemas de controle de versão (CVS), permitindo que o autor possa receber conteúdos adicionais e correções de outros colaboradores. Assim, o documento evolui continuamente acompanhando as mudanças de software e necessidade dos usuários.
  • documentação padronizada apesar da variedade de programas e pessoas, os documentos são razoavelmente padronizados, geralmente utilizando formatos e ferramentas padrões.

Onde encontrar documentação?

Existem várias fontes de documentação em formato eletrônico no próprio sistema e na Internet. Esta última iremos tratar em uma seção seguinte, inclusive com indicação de sites. No próprio sistema, contamos com: a documentação própria disponível geralmente em /usr/share/doc,  ajuda on-line do próprio aplicativo; utilitários de ajuda man e info;

Por melhor organização separa-se os aplicativos e sua documentação.

Formatos mais utilizados

Os formatos de arquivos mais utilizados para documentação no GNU/Linux são:

  • texto puro – texto em caracteres ASCII – gerais (README, LEIAME ou TXT); – instalação (INSTALL, TXT) e licenciamento (TXT, TXT).
  • HTMLHiperText Markup Language – é o formato codificado em caracteres ASCII, utilizado em páginas da Internet, bastante popular e compatível com os navegadores.
  • SGML – é um formato codificado em ASCII, semelhante ao HTML (na verdade, HTML é um sub-tipo de SGML), porém é bastante flexível e permite fácil conversão para outros formatos. Não possui um visualizador padrão.
  • XML eXtensible Markup Language – formato também parecido com o HTML. É um sub-tipo de SGML, permite também conversão fácil para outros formatos. O subtipo XHTML já pode ser visualizado nas versões de navegadores mais recentes. Outro sub-tipo, denominado docbook, está também sendo muito utilizado para escrever documentação e deve se tornar o formato padrão de documentos.
  • PDFPortable Data Format – é um formato criado pela empresa Adobe, que tem a principal vantagem de utilizar suas próprias fontes de caracteres, mantendo sempre uma visualização idêntica em qualquer plataforma, computador ou sistema. Um documento neste formato pode ser visualizado através do aplicativo xpdf no Linux ou através do programa “Acrobat Reader” da própria Adobe ou através de plugins apropriados de seu navegador. Geralmente este formato não é utilizado para ser editável, mas sim para ser visualizado; ou seja, geralmente se edita em outro formato (XML, SGML, etc) e gera-se o arquivo equivalente em PDF.
  • PSpostscript – é um formato também criado pela empresa Adobe, que foi criado para reproduzir documentos em impressoras de alta qualidade gráfica, com suporte a postscript através de um interpretador. Assim como o PDF, este formato não é utilizado para edição, mas sim para publicação de documentos, podendo ser visualizados com o utilitário ghostview.
  • man – páginas de manual – são documentos em formato troff e visualizados através do comando man.
  • info – ou também chamado de texinfo, é um formato de páginas de ajuda, semelhante ao man, porém possui navegação por tópicos.
Anúncios

~ por catoze em 11 de abril de 2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: